Igreja Evangélica condenada ao atacar Terreiro

Igreja Evangélica condenada ao atacar Terreiro, culminado na morte da Ialorixá

 

Uma liminar com ação indenizatória por danos morais foi concedida em 07 de outubro aos integrantes do Terreiro Oyá Denã, em Camaçari. A ação da Defensoria Pública do  Estado da Bahia (DPE/BA) se deu após o terreiro ter sido atacado moralmente por uma  igreja evangélica conhecida como Casa de Oração Ministério de Cristo, construída há um  ano em frente ao local.

Segundo informações da Justiça, os pastores da igreja manifestavam intolerância religiosa, que, segundo os integrantes do terreiro, resultou na morte da ialorixá Mildreles Dias Ferreira, 90 anos, em junho deste ano. Mãe Dedé de Iansã, como era conhecida, teria sido vítima de “uma noite intensa de manifestação de ódio por parte dos ministros da igreja” em frente ao terreiro.
Durante a ação, ela passou mal, teve um infarto resultando em sua morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *